FENACONTAS NEGA O TCM-PB

A FEDERAÇÃO NACIONAL DOS SINDICATOS DOS SERVIDORES DOS TRIBUNAIS DE CONTAS - FENACONTAS, vem a público externar o seu posicionamento contrário a uma possível instalação de um Tribunal de Contas dos Municípios da Paraíba pelas razões expostas a seguir:

1. O momento de instabilidade política e econômica que o país atravessa com significativa redução de recursos para as áreas sociais, tais como educação, saúde e segurança, tal proposta soa como uma afronta ao bravo povo paraibano;

2. O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba tem, nos últimos anos, se destacado entre as demais Cortes de Contas por ser uma das que mais tem se modernizado;

3. O seu corpo de auditoria, representado em nossa Federação pelo Sindcontas (Sindicato dos Profissionais de Auditoria do TCE/PB) foi idealizador do sistema SAGRES, hoje referência em todos os Tribunais de Contas do País;

4. O Sindcontas, também por iniciativa do seu corpo de auditoria, entregou recentemente à sociedade paraibana uma nova ferramenta de transparência pública que instantaneamente foi adotada pela imprensa e pela sociedade civil organizada dada a sua fácil interatividade na busca de informações sobre gastos públicos;

5. Os custos de instalação e implantação de um Tribunal de Contas dos Municípios sacrificariam ainda mais, não só a Paraíba, mas qualquer outra unidade da federação no que tange principalmente ao aumento de servidores com cargos comissionados (assessores), veículos de representação, dentre outros.

 

Palmas/TO, 20 de novembro de 2015.

 

Paulo Henrique Vilanova

Presidente da FENACONTAS

Comentar